quinta-feira, 31 de maio de 2012

Acelga




A acelga é um dos legumes mais completos para a alimentação humana, possuindo uma lista verdadeiramente impressionante de nutrientes.
Nesta altura do ano espigam, é altura de cortar secar e aproveitar as sementes.
Para o próximo outono vão aparecer algumas plantas neste sitio sem necessitarem de ser plantadas. É um legume que não necessita de grandes cuidados para se reprozuzir.

pinheiros e sobreiros







Depois de muito trabalho e algumas ajudas de gente amiga na parte final, eis que está terminada a tarefa do corte dos sobreiros e pinheiros. E tudo ficou reduzido a cinza como se pode ver na ultima imagem. Tudo na vida acaba assim reduzido a pó.
Agora só falta eu aguentar mais alguns anos vivo para que possa tirar a cortiça e vender as pinhas.
Vamos lá ver se resisto até essa data. Se não resistir penso que os meus filhos fazem o favor de tratar disso por mim.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Fisalis


Aqui está o fisalis. Foi uma planta que me foi oferecida por gente amiga.É uma planta de cor verde que dá frutos amarelos que crescem envoltos num invólucro e muito saborosos. No inverno desaparece por completo, mas na primavera aí está ela a dar-nos as boas vindas e a dizer aqui estou eu para mais uma temporada de produção e dar razão à Lei de Lavoisier :
"Na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma".

Funcho



O funcho é uma planta aromática, que para além das folhas, possui ainda um bolbo igualmente comestível. 

Fresco, deve-se escolher o branco, rijo, arredondado e sem manchas. Conserva-se facilmente em ambiente seco mas tem tendência a tornar-se fibroso à medida que vai envelhecendo. 

Tal como o aipo, pode cozinhar-se como um legume, estufado com manteiga ou gratinado.


Com um intenso aroma que faz lembrar o anis, combina muito bem com natas e é também óptimo para rechear a barriga de um peixe que vá a assar. 

As suas folhas picadas resultam igualmente deliciosas sobre saladas, batatas, pratos de arroz ou em molhos para pastas.

Tenho uma duvida, não sei se deve ser transplantado ou não, este ano vou deixá-lo ficar no sítio onde foi semeado para ver qual vai ser o resultado.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Erva cidreira


Como cresce a erva cidreira e que belo perfume exala pela horta. Vai aparecendo por toda a horta, não sei como é feita a propagação, mas penso que devem ser os pássaros que transportam as sementes.

Talha de barro



Mais uma velhinha tarefa alentejana que desde sempre conheci cá em casa.
Agora do seu interior brotam flores em vez de azeitonas. 

Laranjeira em flor



A flor da laranjeira é utilizada aqui no Alentejo para fazer chá. Na casa dos meus avós  e dos meus pais sempre este chá foi utilizado como calmante e  para combater gripes e resfriados.


sábado, 19 de maio de 2012

ameixas


Este ano parece não ser um bom ano para produção de ameixas. Toda a gente com quem tenho falado se queixa. Comigo acontece o mesmo.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Repolho Coração boi



Este ano tenho tido belos exemplares de repolho coração de boi, é um legume que eu gosto muito e que pode ser utilizado das mais diversas maneiras. Penso que é de todas as qualidades de repolhos o que menos demora a criar-se, cerca de 70 dias.
Para quem gosta aconselho a sua cultura.

Maçã reineta


Esta é uma macieira que deveria dar maçãs reinetas, também foi plantada pelo meu filho na mesma altura da macieira golden, só que esta, ou por estranhar o clima ou por qualquer outra razão ainda não deu maçãs, e este ano se algumas vier a dar devem ser muito poucas.
Vamos aguardar mais algum tempo, pode ser que algum ano nos surpreenda carregue de frutos, até porque a agricultura é a arte de saber esperar.

Maça golden delicious


Cá em casa, uma pessoa que vive comigo à cerca de 30 anos  adora estas maçãs. Esta macieira foi plantada pelo meu filho. Embora o ano passado já tenhamos tido o prazer de provar as ditas, este ano parece-me que já vamos ter maçãs em maior quantidade.

Loureiro



Aqui está o meu loureiro, é um arbusto que cresce sem ser necessário cuidados especiais. Praticamente não necessita de ser regado, a suas folhas, (louro) são utilizadas na maioria dos pratos culinários aqui no Alentejo.
As sua folhas devem ser colhidas durante o mês de Agosto e depois de secas, utilizadas durante todo o ano.

Uvas



esta cultura não é de todo a minha especialidade o ano passado consegui colher três bagos de uva destas videiras, por acaso muito saborosas, parece que precisam de ser tratadas frequentemente, e isso eu não faço, deixo a natureza actuar livremente.
 No entanto existe uma excepção, uma videira que existe na horta deste o tempo dos meus avós, já lá vão mais de 50 anos, que este ano cortei par criar novos rebentos. Para essa o tempo seja chuvoso ou de sol nada lhe interessa e quando chega a altura lá está ela com os belos cachos de uvas apetitosos.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Lago


Aqui está o meu lago a começar a ficar rodeado de flores a desabrochar. Devem estar a dar as boas vindas ao novo habitante do lago, uma carpa, capturada numa barragem aqui próximo. Por enquanto teima em não se deixar fotografar. Precisa de tempo para se habituar à sua nova casa.

Viveiros



Aqui estão os meus viveiros (tomateiros, couves, broculos, repolhos, alfaces e abóboras são todos de sementes aproveitadas da horta no fim do seu ciclo de vida. Tenho a sensação de que as sementes aproveitadas, germinam muito melhor do que as compradas nas lojas da especialidade, e poupa-se muito dinheiro.

Limoeiro




Este ano foi ano de muitos limão, não sei se derivado ao tempo seco a verdade é que tenho tido limões para dar e vender. este limoeiro do qual não sei a raça dá limões todo o ano, enquanto estes já estão crescidos e prontos a ser utilizados, outras flores estão a começar a brotar conforme se pode ver na imagem do meio.

O limão assume cada vez mais importância na cozinha moderna, não só ao nível da decoração, preparação e tempero dos mais variados pratos, mas também ao nível da saúde e no auxílio da vida doméstica.
O limão é um dos frutos com maior quantidade de vitamina C, vitamina A, B1, B2 e B3. Ele é muito rico em ferro, magnésio, fósforo e potássio e tem uma concentração de ácido cítrico que lhe dá um gosto extremamente forte.
É de realçar que o limão é frequentemente utilizado para tratar diversas patologias, como as infeções, a febre, dores de garganta, constipações, acidez úrica e atua como um antissético, entre outras aplicações. As vantagens dos limões são infindáveis e é por isso que a sua plantação é obrigatória numa horta.


figueira



Tenho uma figueira dentro do galinheiro, quando crescer vai servir para fazer sombra aos habitantes do galinheiro. É que aqui no Alentejo, no verão o calor não é brincadeira.Tem 2 anos de vida mas já está com vontade de dar figos este ano.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Hortas urbanas

HORTAS URBANAS DE ÉVORA
Princípios geraisAs quintas da periferia da cidade de Évora já representaram um importante meio de fornecimento de frutas e legumes frescos à cidade, de forma sustentável.
Com o crescimento urbano e a alteração dos padrões de vida, tal tem vindo a perder importância. estádio de desenvolvimento social e as grandes questões ambientais que enfrentamos obrigam-nos a repensar comportamentos e modos de vida.
Esta nova forma de produção de alimentos contribui para aumentar a autonomia alimentar das famílias, fomenta práticas de consuo mais equilibradas, amplia a biodiversidade, alicerça a consciência da necessidade do desenvolvimento sustentável, potencia a convivência familiar e comunitária e contribui para uma melhor consciência ambiental.

Como aderir?Existirão nas freguesias urbanas diversos locais que a Câmara Municipal disponibilizará para Hortas e que serão criadas à medida que existam pessoas interessadas.
Para aderir ao projeto os munícipes devem dirigir-se à Câmara Municipal (Serviço de Atendimento nos Paços do Concelho) ou à Junta de Freguesia onde podem consultar as regras de utilização e os locais disponibilizados para Hortas.
Os interessados poderão então preencher um formulário de inscrição.

Como funcionam?Após seleção de candidaturas a Câmara Municipal reunirá com os interessados e assinará com cada pessoa, um acordo de utilização que terá validade de 1 ano (renovável).
A cedência de talhões para criação de hortas é gratuita, contudo cada munícipe a quem for atribuído um titulo de utilização, deverá respeitar as regras fixadas para utilização dos espaços, nomeadamente no que se refere a vedações, eventuais abrigos ou caixas para guardar ferramentas, etc… e que devem sempre ser executadas segundo os padrões que forem fixados.
O projeto terá o apoio da Câmara Municipal, das Juntas de Freguesias ou das associações que queiram ser parceiras, existindo em cada uma das Hortas uma pessoa responsável que procurará auxiliar na resolução dos problemas que venham a surgir.





Parece que a crise está a fazer voltar as pessoas a voltar a cultivar a terra, Esta iniciativa da Câmara Municipal de Évora foi um sucesso e já estão a pensar  em novos espaços pois estas não chegaram para as inscrições.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Oregãos



Esta erva aromática é muito conhecida no alentejo onde é utilizada  em diversos pratos da sua culinária., por isso não poderiam faltar aqui na horta.


Os oregãos são parecidos com a manjerona, mas têm um sabor mais forte e aromático,  são talvez  a única erva que fica melhor seca do que fresca. 


Ligam bem com carne, frango, legumes e com queijo e ovos. 


Quem ainda não comeu uma salada de tomate temperada com oregãos, não sabe o que perdeu.

Tomilho



Tomilho dá-se excelentemente aqui na horta, pega por estaca e é muito resistente.

É adequado para pratos de longa cozedura e estufados. Ao contrário da maior parte das ervas, com excepção dos orégãos, o tomilho é tão bom seco como fresco.


É maravilhoso com borrego, mas também é bom com porco, frango, peixe e ovos. Deve ser utilizado em pequenas quantidades porque o seu sabor sobrepõe-se facilmente a todos os outros. 

Segurelha



A segurelha que tenho na horta é a chamada segurelha de inverno.

As variedades de Inverno e de Verão desta erva sabem vagamente a tomilho, mas são mais amargas do que este. 

A segurelha de Inverno é ligeiramente mais suave.

 Utiliza-se  em sopas de feijão verde, feijão com massa, em guisados e carne estufada. 

alhos

Alhos 4-2-2012


alhos 25-3-2012
alhos 25-3-2012
Alhos 6-5-2012

Esta é a minha sementeira de alhos deste ano de 2012 vamos esperar mais um mês para ver se a colheita vai ser boa. Espero que sim pois o alho é utilizado cá em casa em todos os pratos de culinária e tem inúmeras propriedades terapêuticas.



É usado sobretudo para reduzir o risco de doenças cardiovasculares e doenças cancerígenas. É também usado para reduzir os níveis de colesterol  e a coagulação do sangue. O alho ajuda a combater infecções e reforça a imunidade. O alho é muito  utilizado na culinária dos países do mediterrâneo, e é por esta razão que a  Espanha e a Itália revelam números reduzidos de aterosclerose.
Vários estudos sugerem que o alho pode prevenir as doenças cardíacas por diversas formas. Por exemplo, diminui as probabilidades de as plaquetas (as células envolvidas na coagulação do sangue) se aglomerarem e agarrarem às paredes das artérias, pelo que reduz o risco de ataque cardíaco. Há provas de que a planta dissolve as proteínas formadoras de coágulos implicadas no desenvolvimento da placa ateromatosa. O alho também faz baixar ligeiramente a tensão arterial, principalmente por alargar os vasos sanguíneos permitindo que o sangue circule mais livremente. 

Broculos








Cá em casa toda agente adora broculos. Nesta altura do ano ainda não consegui uma colheita  que valesse a pena, e não é por falta de insistência minha. Parece-me que é desta.

Porque é que acontece assim não sei, mas tenho pensado que poderá ser pelo tempo chuvoso que tem acontecido nesta altura do ano, ao contrario das courgettes que não gostaram nada, e quase todas morreram, os broculos parece que adoraram e estão felizes da vida a desenvolverem-se.
Morrem uns para bem de outros sempre assim foi e vai continuar a ser.
.
Como se diz aqui no Alentejo querer sol na eira e água no nabal é impossível.

Courgettes



Este ano com a chuva e o tempo frio este tipo de sementeiras estão todas atrasadas e algumas nem sequer nasceram.O tempo não foi a favorável ao seu desenvolvimento.


Como em todas as coisas na vida estas duas, com a sua perseverança, resistiram e agora lá estão elas em pleno desenvolvimento. Elas não se deixaram abater pelas adversidades e agora sorriem todos os dias ao sol que as irá fazer crescer.


São um bom exemplo para todos os portugueses que nestes anos de crise passam por muitas dificuldades, lutem sempre, um dia o sol brilhará.